logo

Quando Servi Gil Vicente

  • Home
  • /
  • Catálogo
  • /
  • Quando Servi Gil Vicente
pdf Veja por dentro
  • Autor
  • Coleção
  • ISBN 9789896686338
  • PVP 16.59 € (IVA incluído)
  • preço fixo até
  • 1ª Edição outubro de 2019
  • Edição atual 1
  • Páginas 208
  • Apresentação capa mole
  • Dimensões 153x235x10,5 mm

 

Gil Vicente, figura insigne do Teatro e das Letras portuguesas, de vida incerta e misteriosa, e alvo de admiração e honrarias ao longo dos séculos. Menos afamado, talvez, seja seu servo, Anrique de Viena, homem humilde e leal que conheceu em batalha o mundo, e que regressou para o lado de seu senhor para o acompanhar no inverno de sua vida e o ajudar na escrita da sua última peça. E através da pena de Anrique, ágil e dedicada, veremos o mestre como nunca antes foi visto: completa e profundamente humano.

Irónico, divertido e comovente, Quando Servi Gil Vicente é um exercício extraordinário de estilo e invenção que, prestando homenagem a um dos maiores autores portugueses, nos permite acesso ao que, para o bem e para o mal, poderia ser Gil Vicente no seu tempo e mundo.

«O mestre apoiou seu pé no chão para me enfrentar de tronco erguido, levantou o bastão, desferiu um golpe no ar e tombou. Prostrado no leito e cerrando os olhos, alongou-se na dormência e disse:

— Estou exausto, Anrique. Guardo em mim toda a canseira do mundo.»

João Reis nasceu em Vila Nova de Gaia em 1985. Licenciado em Filosofia, foi editor da Eucleia Editora, que fundou, de 2010 a 2012. Atualmente, é tradutor literário, especialista em línguas nórdicas, tendo traduzido para português livros de Knut Hamsun, Halldór Laxness, August Strindberg e Patrick White, entre muitos outros autores. Entre 2012 e 2015, trabalhou e residiu na Noruega, Suécia e Inglaterra, onde exerceu várias profissões.

A Noiva do Tradutor, a ser publicado nos EUA, em 2019, é o seu terceiro romance na Elsinore, antecedido por A Avó e a Neve Russa, finalista do prémio Fernando Namora 2018, escrito no decurso de uma residência literária em Montreal, Canadá, realizada em 2015, ano em que foi finalista do Bare Fiction Prize, na categoria de flash fiction, e A Devastação do Silêncio.

Outros livros do mesmo autor


A Noiva do Tradutor

    Um testamento implacável de uma sociedade que, embora aparentemente distante, encontra o reflexo perfeito nos dias de hoje.

    A Devastação do Silêncio

      Um humor sarcástico e subtil que se vê pouco na literatura lusa.

      A Avó e a Neve Russa

        Um livro feito da inocência e da coragem com que se veste o deslumbramento das infâncias. Romance simples e emotivo sobre a força da memória e da abnegação.