logo

A Odisseia de Penélope

  • Home
  • /
  • Catálogo
  • /
  • A Odisseia de Penélope
pdf Veja por dentro
  • Autor
  • Coleção
  • ISBN 9789898864444
  • PVP 15.98 € (IVA incluído)
  • preço fixo até
  • 1ª Edição outubro de 2018
  • Edição atual 1
  • Páginas 160
  • Apresentação capa mole
  • Dimensões 150x222x14 mm

«Tão potente quanto uma maldição.» - Sunday Times

«Agora é a minha vez de contar umas histórias. Devo-o a mim mesma. Outrora, as pessoas ter-se-iam rido, mas, agora, quem se rala com a opinião pública? Com a opinião das gentes aqui em baixo, a opinião das sombras dos ecos? Assim sendo, vou fiar o meu fio.»

Penélope, imortalizada pela lenda e pelo mito, exemplo de temperança, sinónimo de esposa paciente e fiel, tece durante o dia e destece durante a noite os fios do seu tear para afastar os pretendentes, enquanto aguarda pelo regresso incerto do seu marido, o famoso herói, Ulisses.

Mas a Odisseia não é a única versão possível desta história. Agora que Penélope, há muito morta e esquecida pelo mundo, vagueia pelos infernos, pode finalmente contar a sua própria versão dos acontecimentos: um relato contundente e divertido sobre luxúria, ganância e violência, onde os mitos se desfazem e ninguém é poupado.

«Pragmática, mordaz, doméstica, sombria. Penélope é a perfeita heroína de Atwood.» - Spectator

«Fabuloso... inequivocamente irreverente.» - The New York

Margaret Atwood nasceu em Otava, no Canadá, em 1939. É autora de mais de quarenta títulos de ficção, poesia e ensaio, entre os quais se contam obras influentes e de grande sucesso internacional, como o romance A História de Uma Serva (ed. Bertrand, 2013), recentemente adaptado para uma série televisiva, ou O Assassino Cego (ed. Bertrand, 2009), vencedor do Booker Prize.

Recebeu diversos prémios literários ao longo da sua carreira, tendo sido agraciada com a Medalha de Honra para Literatura do National Arts Club (EUA), o título de Chevalier de l’Ordre des Artes e des Lettres (França) e o Prémio Príncipe das Austúrias. A sua obra encontra-se traduzida em 35 línguas.

Outros livros do mesmo autor


Frankissstein: Uma História de Amor

    Frankissstein parte do clássico universal de Mary Shelley para nos confrontar com os limites da ciência, dos desejos e, em última instância, daquilo que nos torna humanos.

    História da Violência

      Édouard Louis convoca o poder e o misticismo das tragédias gregas para afirmar a sua arte de dramatizar o real.