• Autor João Reis
  • Ilustrador Lord Mantraste
  • Coleção Ficção em Língua Portuguesa
  • ISBN 9789898864307
  • PVP 16,59 € (IVA incluído)
  • preço fixo até fim de setembro de 2019
  • 1ª Edição abril de 2018
  • Edição atual 1.ª
  • Páginas 144
  • Apresentação capa dura
  • Dimensões 150 x 222 x 13 mm
  • Idade

Ilustrações de Lord Mantraste

«A noite levava-nos a pensar, a imaginar comida, a nossa casa, mais comida, terríveis cenas de infância, essa época abominável, misturavam-se com imagens de comida e exponenciavam o nosso suplício (...) tornava-se incomodativo e alguns choravam, para em seguida se rirem. Terminadas as lamúrias, tudo corria melhor, fazia-se silêncio, podia-se dormir.»

A Grande Guerra assola a Europa do início do século XX. Um capitão do Corpo Expedicionário Português encontra-se num campo de prisioneiros alemão, sem documentos que atestem a sua patente de oficial, obrigado a partilhar a vida e o destino dos seus conterrâneos mais pobres. Tem fome, ouve detonações constantes, observa, sonha, procura um sentido para tudo aquilo que o rodeia, tenta terminar o relato de uma estranha história sobre cientistas alemães e gravações de voz, procura desesperadamente o silêncio e, acima de tudo, a paz das coisas simples.

«No intrincadíssimo horizonte da atual literatura portuguesa, João Reis oferece uma marca de singularidade muito original.» - Jornal de Letras

«Um humor sarcástico e subtil que se vê pouco na literatura lusa.» - Público

João Reis nasceu em Vila Nova de Gaia em 1985. Licenciado em Filosofia, foi editor da Eucleia Editora, que fundou, de 2010 a 2012. Atualmente, é tradutor literário, especialista em línguas nórdicas, tendo traduzido para português livros de Knut Hamsun, Halldór Laxness, August Strindberg e Patrick White, entre muitos outros autores. Entre 2012 e 2015, trabalhou e residiu na Noruega, Suécia e Inglaterra, onde exerceu várias profissões.

A Noiva do Tradutor, a ser publicado nos EUA, em 2019, é o seu terceiro romance na Elsinore, antecedido por A Avó e a Neve Russa, finalista do prémio Fernando Namora 2018, escrito no decurso de uma residência literária em Montreal, Canadá, realizada em 2015, ano em que foi finalista do Bare Fiction Prize, na categoria de flash fiction, e A Devastação do Silêncio.





Outros livros do mesmo autor

A Avó e a Neve Russa

João Reis

Um livro feito da inocência e da coragem com que se veste o deslumbramento das infâncias. Romance simples e emotivo sobre a força da memória e da abnegação.

A Noiva do Tradutor

João Reis

Um testamento implacável de uma sociedade que, embora aparentemente distante, encontra o reflexo perfeito nos dias de hoje.